O perigo do falso jornalismo e do uso imoral da internet como instrumento de propaganda.

img_2449

 

A razão porque coloquei esta imagem no meu blog é porque ela ilustra bem um dos maiores problemas da actualidade e que é a ameaça de destruição que paira sobre o jornalismo sério e objectivo. E como tenho dito muitas vezes, essa ameaça tem principalmente como responsável o uso pouco ético e imoral da internet como instrumento de propaganda.  Não sou contra a liberdade de expressão mas hoje em dia e mais do que nunca, é preciso ter-se cuidado com o que se lê e saber filtrar informação objectiva, separando-a da propaganda, seja de que tipo for. Na internet existem muitas páginas, sites, blogs, agências de informação, etc. feitas e actualizadas por pessoas e grupos sem escrúpulos que mentem de forma descarada e inventam vergonhosamente com a intenção de influenciar as pessoas e convencerem-nas a seguir um determinado caminho ou causa. Isto também se nota muito nas redes sociais onde todos os dias correm milhares de informações, noticias e textos nem sempre verdadeiras. Ora é esse um dos bens e ao mesmo tempo um dos males da internet. Ela da-nos mais acesso à informação mas esta acaba por ser tanta e tao demasiada que acaba por ser difícil separar a boa da ma, principalmente para os mais jovens. Um dos exemplos mais conhecidos é a ma influência de sites terroristas jihadistas em jovens. Para conseguirem os seus objectivos de espalharem o radicalismo islâmico e o terror justificado pela interpretação literal da palavra divina, os autores desses sites fazem propaganda anti-Ocidente, tentando com isso criarem um pensamento de ódio com o qual esperam ser usado por jovens facilmente influenciáveis para realizarem  ataques terroristas. Com tanta propaganda, rumores, falsas noticias, desinformação e teorias da conspiração, as pessoas perdem referências sérias e objectivas, tendo por isso tendência a fazerem do mal o bem e do bem o mal. Pessoalmente considero este perigo, um dos mais sérios e perigosos do mundo actual. Quem diz que no futuro uma guerra mais séria nao possa começar por causa de uns rumores ou devido a notícias falsas? Alias ha quem diga que a 3° guerra mundial já começou na internet. De facto a guerra de propaganda hoje em dia é tanta e tao assustadora que faz com que todo o cuidado é pouco. Pena que ha quem nao pense assim e nao tenha consciência das possíveis consequências no futuro da irresponsabilidade na internet. A barragem do jornalismo (e também de todo o tipo de informação e principalmente a vinculada pela internet) está em perigo de arrebentar porque é constantemente pressionada por elementos destruidores, enquanto que as verdadeiras noticias correm apenas numa pequena parte pouco notada, cercada pelo populismo informativo sensacionalista. Isto nao pode ser aceite como sendo jornalismo sério e deve ser combatido o mais eficazmente possível.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s