“Pubertet” – Um programa norueguês de educação sexual, polémico mas didáctico!

Foto: NRK
Foto: NRK

 

Descobri um dia destes um programa da televisão pública norueguesa onde se ensina educação sexual às crianças. Confesso que a minha primeira reacção foi de espanto perante a ousadia nele vinculada devido às suas imagens explicitas. Pensei se aquilo era mesmo um programa para crianças e adolescentes, talvez por nao imaginar que algo fosse possível e nunca ter visto nada assim. Mas vamos entao ao programa. Ele chama-se “Pubertet”, é apresentado por Lina Jansrud e como escrevi no inicio é apresentado na televisão publica norueguesa (NRK). Eu vi um video de um dos episódios e achei, como se costuma dizer na gíria popular que aquilo “era muito à frente” e que um tal programa seria impossível em Portugal e em muitos outros países. Fiquei surpreso mas também admirativo daquilo que vi e vejo como um símbolo de uma sociedade avançada socialmente ou pelo menos uma sociedade diferente. Para haver um programa deste genero para um publico infantil é preciso que as pessoas estejam preparadas e o norte da Europa esta mais avançado nesse aspecto do que o sul e centro. Por exemplo a educação sexual é obrigatória no ensino norueguês desde 1970 enquanto em Portugal ainda se discute sobre a sua instauração, ou nao, no ensino, isto apesar de desde 1984 haver legislação sobre a sua importância e implementação no nosso sistema escolar. Depois penso também que os escandinavos têm uma relação mais natural com a nudez. Sentam-na com menos constrangimentos e menos censura e aceitam-na com mais naturalidade como sendo parte da nossa existência e portanto de nós mesmos. E esta relação explica talvez o porquê deste programa ter sido muito bem aceite pelo público norueguês e ter ganho o prémio de melhor programa de jornalismo do ano, apesar da polémica provocada pela nudez explicita ao ponto de ser acusado por alguns de pornografia. Numa sociedade conservadora como a nossa, um tal programa seria impossível para os jovens. E entre outras razoes aquela que eu considero uma das principais é a censura provocada pela religião ou mais precisamente pela vergonha imposta da nudez de Adão e Eva, vista como nao natural. A partir deste episódio bíblico nasceu todo um conceito de negação da nudez na medida em que esta era e é vista como um pecado. E quanto mais religiosa é uma sociedade, mais censura existe contra a nudez, como se vê por exemplo nas sociedades muçulmanas. No entanto a minha parte conservadora fazia-me duvidar da validade deste programa da televisão norueguesa. Por um lado gostei muito do texto e da forma de apresentar mas por outro perguntei-me se ele nao teria ma influência no comportamento das crianças. De inicio até pensei que se calhar nao deixaria crianças minhas verem o programa, se as tivesse; mesmo que, e como já escrevi, em termos de qualidade didáctica, achei aquilo muito bom.  Mas depois lembrei-me que o mal nao esta nas imagens explicitas mas na forma como se prepara os jovens a verem e a aceitarem o nudismo. Portanto lembrei-me da tal naturalidade com que os escandinavos aceitam a nudez. Basta lembrar as famílias finlandesas nas saunas.

Mas depois ha outra coisa muito importante. A forma como se prepara os jovens para a vida sexual. E aí temos mais um exemplo do avanço da Noruega e da importância de programas como este. Por exemplo, Portugal é dos países da Europa com mais mães adolescentes e isso porquê? Porque precisamente falta uma verdadeira educação sexual nas nossas escolas que informe sobre aquilo que as crianças e jovens precisam e devem saber a todos os níveis da sexualidade. Negar isso é formar crianças e jovens constrangidos, de mal com os seus próprios corpos, ignorantes das consequências de certos comportamentos, menos tolerantes à diferença de género e de preferências sexuais e mais propensos à violência. Claro que nao quero dizer que se deve deixar às crianças e adolescentes verem nudez a toda a hora, especialmente se nao ha um contexto preparativo e explicativo mas nao se pode comparar por exemplo filmes para adultos com um programa de educação sexual. Ainda por cima, agora que o acesso à pornografia tornou-se tao facilitado por causa da internet, torna-se mais do que nunca urgente e importante educar as crianças para a sexualidade. O tal programa norueguês faz isso de forma divertida, realista e bastante didáctica. Pena que nao haja um programa assim em Portugal. Mas também seria preciso que a nossa sociedade estivesse preparada e nesse aspecto estamos a anos-luz da Noruega.

Aqui pode-se ver um video desse programa. Atenção no youtube pede-se que se confirme a idade, sendo que é para maiores de 18 anos, no entanto na televisão, é transmitido em horário infantil:

– “Pubertet (3/8): o Pénis

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s