Considerações sobre as aparições e o milagre de Fátima.

110513-halo-solar-f_tima-03-halo

    A propósito duma petição lançada recentemente contra a credibilizaçao do “milagre” de Fátima gostaria de tecer algumas considerações juntamente com uma analise da religião. Como já foi noticiado, um grupo de indivíduos lançaram uma petição a pedir para que o Papa nao visite Fátima em 2017 de forma a nao credibilizar o “milagre” ocorrido la e que eles consideram como um embuste. Antes de mais começo por dizer que concordo com esta opinião. Vários sao os pontos que me levam a esta conclusão, a saber: as aparições do género das de Fátima so apareceram em lugares onde havia uma maioria de religião crista o que pode indicar uma maior propensão das pessoas a verem e acreditarem em supostos fenómenos relacionados com milagres devido a uma exacerbada crença que impossibilita de ver a verdade. Depois é preciso ver também o contexto da época. O Portugal de entao era na sua maioria um país pobre, onde o povo nao tinha acesso à educação e era facilmente manipulável. Ora a juntar isto havia uma fortíssima ligação à religião, o que facilitava o uso por parte das autoridades religiosas e políticas de estratagemas para levar as pessoas no caminho que aquelas queriam. Ora por incrível coincidência, por essa altura também aconteceu a revolução comunista na Russia. Sera lógico portanto pensar que tudo o que aconteceu em Fátima em 1917 foi uma tentativa da Igreja e da classe política conservadora (que naquela altura estava no poder) de levar as pessoas a nao abandonarem a fé por receio de influência dessa ideologia política  que começava a marcar presença no panorama mundial. Aliás e a propósito disto é preciso nao esquecer o uso feito pelo Estado Novo dessas supostas aparições e do suposto milagre do sol, precisamente com essa intenção de pôr as pessoas contra o comunismo e o “inferno” que ele representaria. Ainda relacionado com isto ha o terceiro segredo de Fátima que parece ser uma previsão do fim do comunismo na antiga União Soviética. Ora confesso que fiquei desiludido quando ele finalmente foi revelado. Esperar tantos anos por uma previsão de algo que já tinha acontecido foi um pouco como o ditado “casa roubada, trancas à porta”. Pergunto-me porque é que o texto nao foi revelado antes do fim do comunismo (poderia bem ter-lo sido porque o Vaticano já o conhecia). Assim teria valor se fosse uma previsão sobre algo a acontecer depois do ano 2000 (o ano em que foi revelado) como por exemplo os atentados do 11 de setembro, um ano depois. Assim o valor que dou a esse suposto terceiro segredo é nulo na medida em que nao trouxe nada de importante. Outro factor que me leva a nao acreditar nas aparições de Fátima é o facto de as suas protagonistas serem crianças e toda a gente sabe como elas, no geral, sao influenciáveis. 

      Além das aparições, houve também um suposto milagre do sol onde este teria dançado perante o olhar incrédulo de milhares de pessoas. Aqui as incongruências sao tantas e tao cabais que nao ha forma de acreditar, excepto por uma fé tao cega que nao deixa discernir a verdade da mentira. Se o sol tivesse realmente dançado, as consequências para o nosso planeta e para o sistema solar seriam desastrosas. Também é esquisito que so as pessoas em Fátima tenham visto tal fenómeno, quando o sol é visto por toda a metade do mundo. Além disso ha muitos testemunhos de pessoas que estando la, disseram nada ter visto de especial. Duas delas foram do escritor António Sérgio que disse nao ter se passado nada de extraordinário com o sol e do militante católico Domingo Pinto Coelho que escreveu na impressa que nada vira de sobrenatural. Outro facto curioso é que a própria Igreja admitiu que “ha ali uma parte subjectiva, psicológica” como interpretou o Papa Bento XVI quando prefeito para a congregação da doutrina da fé. Portanto se aconteceu alguma coisa de facto, o que teria sido? O mais certo é ter sido um fenómeno de explicação cientifica. Sobre isto gostaria de apresentar um texto que apresenta uma teoria interessante sobre o suposto milagre: “O milagre de Fátima e o fosfenismo“. 

     Aparte as aparições e o milagre,  Fátima é também um local de forte comercio religioso e sempre achei isso abominável. Jesus afinal nao tinha expulso os vendilhões do templo? Pois afinal parece que nao valeu de nada. O aproveitamento comercial do suposto milagre e aparições, para enganar ingénuos é uma prova da falta de escrúpulos de certas pessoas e também do Vaticano que nada faz para acabar com esta violação de um espaço sagrado. Onde esta entao a ética? Enfim a hipocrisia onde ela nao deveria existir. 

     Finalmente gostaria de salientar que isto nao é um ataque à religião e às crenças de cada um, mas sim uma critica de uma mentira alimentada pelo próprio Vaticano com ajuda da Igreja católica portuguesa e que ao longo dos anos tem mergulhado muita gente na obscuridade através de uma forte manipulação da verdade histórica. A propósito basta ver muitos comentários nas noticias sobre a petição e que mostram bem o quanto certas pessoas facilmente se enervam e perdem “as estribeiras” quando a religião esta em causa. Prova de que infelizmente ainda é um tema muito sensível. Por mim, cada um acredita naquilo que quiser ou nao, mas é pena que estas pessoas nao se esforcem por se libertar de uma fé exacerbada e nao admitam outras hipóteses nao conectadas com supostos milagres.

 

Se quiser assinar ou pelo menos ler a petição pode ir a: “Contra a credibilizaçao do milagre de Fátima

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s