Shimon Peres. E agora Israel?

WASHINGTON - JANUARY 18: Former Israeli Prime Minister Shimon Peres pauses as he speaks to the media after a meeting with U.S. Secretary of State Condoleezza Rice at the State Department January 18, 2006 in Washington, DC. Peres had resigned from the Israeli parliament before he started his trip to the United States. (Photo by Alex Wong/Getty Images)
(Foto: Alex Wong/Getty Images)

 

Quando Shimon Peres alcançou o seu maior sucesso político, o mundo vivia uma época de esperança que começara na queda do comunismo e consequente fim do bloco de Leste na Europa e depois continuara com o fim de vários conflitos da guerra fria (Angola por exemplo), o fim do apartheid e o tal sucesso de Peres juntamente com Rabin e Arafat que foram os acordos de paz de Oslo.  Nessa altura,  o mundo parecia ir finalmente  no caminho tão desejado da paz ou pelo menos tinha uma esperança num futuro melhor, o que já não se via há muito tempo.

Mas a natureza humana não sabe por vezes fazer jus à sua superioridade intelectual e tem tanto de positivo como de negativo. Por causa disso e depois desse tal período de euforia,  vivemos agora em tempos de crise geral. Geral porque não é só económica e esta nem é a mais ameaçadora. Crise que começou em setembro de 2001 mas que teve o seu verdadeiro início com o aparecimento de Putin na Rússia. De facto depois do único líder democrata que a URSS/Rússia teve em toda a sua história (Gorbarchev) e do erro chamado Ieltsin, veio o nostálgico da guerra fria Putin. Mas o presidente da Rússia não é o único motivo de pessimismo e apreensão em relação ao futuro. Na Coreia do Norte, o seu “querido líder” parece cada vez mais apostado em provocar o Ocidente com a ameaça nuclear, a China e os seus vizinhos disputam o controle de certas ilhas e águas territoriais naquilo que por enquanto é um conflito quase invisível mas que arrisca de ameaçar a estabilidade no sudeste asiático, o terrorismo islâmico ameaça a liberdade e a democracia, o capitalismo selvagem controla a política internacional, a internet tanto é um excelente instrumento de investigação como uma arma ao serviço dos terroristas e conspiradores capazes de inventarem as mais sórdidas mentiras para explicarem a história e a actualidade, o aquecimento global e as mudanças climáticas são uma realidade mas ainda há quem não queira ver isso. Tudo isto são exemplos do quanto o mundo mudou desde os anos 90 até agora. E entre essas mudanças, aquela que mais interessa para este artigo é a do conflito israelo-palestiniano. Depois da esperança da paz, o desalento do regresso quase à estaca zero. Mas também não  é de espantar. A Palestina encontra-se dividida em 2. A Cisjordânia controlada pela OLP e a faixa de Gaza controlada pelo Hamas que se opõem a paz com Israel e quer implantar a Sharia. Israel encontra-se governado por um governo de direita apoiado pela extrema-direita que pretende impor uma legislação rígida baseada na Tora. Ora enquanto o Hamas e o governo de Netanyahou continuarem no poder, a paz vai ser uma miragem. Depois do realismo e pragmatismo de Peres, veio o populismo do actual governo israelita com todas as consequências negativas dai adjacentes. Shimon Peres foi a última grande consciência de Israel. Percebeu a necessidade de tentar a paz e lutou por ela. Dos três nobeis da paz de 1994, foi o último a partir. Agora Israel está órfão e sem uma voz para lhe indicar o único caminho possível que é o da paz com a existência de dois Estados laicos. E por isso e tendo em conta o caminho regressivo de Israel, desde a esperança da paz até ao populismo de Netanyahou com o seu discurso alarmista sobre a insegurança e sem qualquer interesse em reatar as negociações de paz, a pergunta que se impõem é: e agora Israel?

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s