Brasil: O preconceito machista da mini-saia.

http://180graus.com/noticias/para-maioria-dos-brasileiros-mulher-com-roupa-curta-merece-ser-atacada

Parece que para alguns brasileiros, a mulher deveria se vestir assim.

     Algumas noticias fazem-nos perguntar se realmente vivemos no tempo em que vivemos. Uma delas foi esta (ver o link acima) sobre uma sondagem com resultados que sao uma grande desilusão e espantam por uma discriminação e ignorância num país dito tolerante. Diz essa sondagem que 65% dos brasileiros concorda em que mulher que usa roupa curta merece ser violada e também diz que 58% concorda em que se as mulheres soubessem como se comportar, haveria menos violações. Eu nunca fui ao Brasil, mas a ideia que eu sempre tive era a de um país onde as mulheres gozavam de plena igualdade nao so dentro da lei como também na mentalidade dos brasileiros em geral. Por isso fiquei espantado com estas respostas carregadas de um preconceito machista. Afinal e pelo que vejo, as mulheres brasileiras têm a liberdade de se vestirem como querem, mas a ideia pré-concebida em relação ao corpo feminino nao é muito diferente daqueles países onde as mulheres sao obrigadas a cobrirem totalmente o corpo. Existe em ambos os casos uma discriminação absurda da mulher baseada em pressupostos ridículos que tentam desculpar actos ignóbeis. Assim a mulher nao tem a liberdade a que tem direito porque o seu corpo é considerado uma provocação e um incentivo à violação. E quanto mais provocante ela se vestir e ser o seu comportamento, pior é para ela.

     Os homens guardam o seu apetite sexual, nao com uma espécie de auto-censura baseada no bom senso e numa educação igualitária e humanista mas empurram a culpa para as mulheres como se estas quisessem mesmo ser violadas. Neste aspecto, é como se os assaltantes dissessem que so roubam porque as pessoas andam com dinheiro e objectos de valor na rua. O facto de uma mulher andar de mini-saia na rua pode aumentar o desejo mas isso nao quer dizer seja um sinal verde para consumar-lo. Uma mulher é um ser humano pleno de direitos e deveres. Direitos que so dependem da sua condição humana e deveres que nao devem e nem podem depender em nada de preconceitos machistas que insistem em tentar controlar o seu corpo. Nao se pode julgar a mulher como sendo um objecto para dar prazer mas ha que trata-la com todo o respeito e conter-mo-nos nos nossos apetites.

     Ainda outra observação para o facto de que ha mulheres que também pensam de forma machista e portanto rejeitam a sua própria condição humana. Mas talvez porque educadas num sistema macho-religioso-conservador, nem sequer se apercebem de que sao inimigas da igualdade. E claro, casos destes, nao existem somente no Brasil mas noutras partes do mundo.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s