Monica Gonçalves ou a moda da cortiça!

        A cortiça sempre foi e continua a ser um dos produtos mais ligados a Portugal, pois que somos o seu maior produtor e exportador do mundo. No entanto, durante muitos anos a cortiça era somente associada ao fabrico de rolhas das garrafas e com o aparecimento das rolhas de plástico, houve o perigo da exportação de cortiça diminuir. Para combater esta ameaça, enveredou-se ha alguns anos por um caminho de inovação, onde aproveitando-se das características da cortiça como a durabilidade ou a maleabilidade, começaram-se a fazer novos produtos fora do contexto agrícola como acessórios tais carteiras, guarda-chuvas, cintos, etc. Apesar da estranheza inicial, a verdade é que esta nova vertente foi um grande sucesso e foi importante para a reanimação das exportações nacionais de cortiça. Hoje em dia o comércio de produtos derivados de cortiça representa uma das grandes apostas da nossa economia e ao mesmo tempo um dos grandes ganhos para o nosso futuro.
       Ora recentemente, vi numa reportagem, uma nova utilização para a cortiça: roupas. E apesar de a moda ser um tema que nao me interessa muito, decidi falar aqui um pouco disto, porque penso ser uma inovação importante e com grande futuro. Esta ideia de fazer roupas de cortiça nasceu de uma jovem estilista chamada Monica Gonçalves que viu assim um novo mercado com potencialidade. O facto é que foi uma aposta ganha e os resultados têm sido positivos.
       Penso que o país precisa mais de ideias enriquecedoras para a economia como esta e isto mostra que o potencial da juventude portuguesa têm mais valor do que se julga. O que é preciso é nao ter medo de arriscar e acreditar em projectos concretos que possam ser uma mais-valia.
       A seguir ficam alguns trabalhos de Monica Gonçalves:

     Para saber mais: www.grigi.pt (Grigi é uma empresa fundada por Monica Gonçalves, pioneira no uso da cortiça)

Anúncios

6 thoughts on “Monica Gonçalves ou a moda da cortiça!

  1. Oi, Bruno!
    Excelente ideia reinventar a cortiça… a criatividade pode operar milagres.
    me lembro de uma reportagem que vi a cerca de 10 anos, onde as rolhas eram confeccionadas em Portugal.
    Eu sabia que eram de origem vegetal, contudo pensava ser madeira compensada (como se diz aqui). Quando vi aquelas belas árvores de cascas tão espessas, me admirei.
    Parabenizo a Mônica Gonçalves (que não conhecia).
    Abraços.

    Gostar

  2. Bom dia. O contacto da estilista nao me é possivel arranjar, além do que nao poderia dar sem autorizaçao da pessoa visada. Em todo o caso no texto acima tem um link para o site da loja dela com varios contactos, através dos quais penso que podera escrever-lhe. Ja agora quem é o Manuel Santos?

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s