O afegao orgulhoso.

       

        Toda a gente já ouviu  falar de Mohandas Gandhi, símbolo máximo da nao-violência e também pai espiritual da Índia. Mas na luta contra a dominação britânica também participou um outro pacifista, este de etnia pashtun, muçulmano e ainda grande amigo de Gandhi. O seu nome era Khan Abdul Ghaffar Khan.
         Nasceu em 1890 e ficou conhecido como político e pacifista, usando uma oposição nao-violenta contra a dominação britânica no que é agora a Índia, o Paquistão e o Afeganistão. Também era conhecido como Fakhr-e-Afghan (“O Afegao orgulhoso”), Badshah Khan (pashto “Rei Khan”) e Sarhaddi Gandhi (Urdu, Indi “Fronteira Gandhi”). A sua família encorajou-o a alistar-se no exercito britânico da Índia, mas o mau tratamento infligido por um oficial de sua majestade a um compatriota ofendeu-o. Depois uma decisão familiar para o enviar para Inglaterra para estudar foi anulada por decisão da sua mae.
         Vendo que as sucessivas revoltas contra os britânicos iam fracassando, pensou que o activismo social e uma reforma iriam ser mais benéficas para os Pashtuns. Assim formou o movimento Khudai Khidmatgar (Servidores de Deus). Mas o seu sucesso provocou uma rebelião contra ele e os seus apoiantes e ele foi enviado para o exílio. Foi neste período, no final dos anos 20, que ele formou uma aliança com Gandhi e o Congresso Nacional Indiano. Esta aliança duraria até à partição da Índia em 1947. Ghaffar Khan foi um forte opositor do pedido da Liga Muçulmana para que a Índia fosse dividida. Quando o Congresso Nacional Indiano aceitou o plano de partição, ele disse-lhes “Vocês atiraram-nos aos lobos.” Depois disto ele foi preso varias vezes pelo governo paquistanês devido à sua associação com a Índia e ainda a sua oposição ao autoritarismo do governo. Passou a maior parte dos anos 60 e 70 na prisão ou em exílio.
          Em 1985 foi nomeado para o prémio Nobel da paz e em 1987 tornou-se a primeira pessoa sem cidadania indiana a receber o prémio Bharat Ratna, a mais alta recompensa civil indiana. Morreu no dia 20 de janeiro de 1988 e a seu pedido foi enterrado em Jalalabad no Afeganistão. Apesar da violenta guerra nessa altura, ambos os lados em conflito declararam um cessar-fogo para permitir o seu funeral.

Ghaffar Khan e Ghandhi
       O video que se segue é um documentário sobre a vida de Ghaffar Khan em inglês. Ha a possibilidade de por legendas em português (procurar no lado direito em baixo) mas chamo a atenção para a pobre qualidade da tradução. Aconselho porém a vê-lo pois é uma bela e inspiradora historia de alguém que sempre procurou a paz e que o povo vivesse de acordo com esse ideal.
   

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s