Sai uma greve, por favor!

     E aqui esta mais uma greve, mais protestos, mais do mesmo! Antes de mais importa dizer que reconheço a importância das greves e penso que sao importantes para os direitos dos trabalhadores. Mas nao sei qual o alcance delas, qual a sua eficácia, qual o seu sentido pratico. Os números nao passam disso mesmo e pouco significam. Por isso, que importa se uma greve teve uma grande adesão? Isso é uma vitoria sabendo que poucas vezes traz mudanças? Vale a pena usar sempre a greve como arma de protesto quando daqui a alguns anos vai haver outra greve? Todas essas pessoas que saem à rua querem um país melhor mas se tudo continua igual, sera que os dirigentes que marcam estas greves nao conhecem outras formas de protesto em que nao se use a violência?
     O primeiro resultado duma greve é sempre o dinheiro que se perde, a falta de produtividade, enfim um dia perdido para a economia nacional. Sabendo que neste momento Portugal vive uma enorme crise sem precedentes, nao vem ela, no pior momento? Compreende-se a razão desta chamada, compreende-se que muitas das reivindicações sao validas mas andar sempre a insistir nas greves, em todos os momentos nao me parece o modo mais eficaz de chamar a atenção dos problemas do povo. O direito à greve passou  de um direito proibido no tempo do salazarismo até um direito exagerado no pós-25 abril. Bandeira dos trabalhadores e da revolução a greve foi sempre vista como uma arma política da esquerda que a tem usado constantemente. Pretendem com isto, serem os guias dos trabalhadores e seus protectores como os melhores preparados para compreenderem as falhas das leis laborais. Mas francamente a mim já me chateia sempre o mesmo discurso da “defesa dos trabalhadores”, “do direito à greve” como se a esquerda tivesse o monopólio disto tudo. Qualquer coisa, sai uma greve; é greve por tudo e por nada; a greve tornou-se um exagero. Talvez por isso, já cansa e isso vê-se quando se ouve mais gente que nao compreende o porquê de tanta. Pode-se dizer que ha aqueles agarrados aos valores mais fundamentais da esquerda e que usam sempre a greve como forma de protesto, mesmo que isso nao leve a nada; ha aqueles que pensam que a greve é um desperdício que so faz perder tempo e dinheiro e que nao é dessa forma que o país avança e aqueles que estão no meio termo como eu. No fundo este exagero de greves so faz perder gente para a causa, no fundo todos sabemos que a maioria destas greves têm um fundo político e que por isso esta mais em jogo do que so os direitos dos trabalhadores. Enfim o exagero austeridade nao leva a nada mas o exagero de greves também nao. Mas como é um direito, sai mais uma greve por favor!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s