A estupidez infinita da religião cega.

Israelis rally against gender segregation – Middle East – Al Jazeera English

      Naama Margolese é uma miúda de oito anos que agora tem medo de ir à escola religiosa judaica para raparigas onde estuda. E porquê? Porque foi atacada por um grupo de judeus ultra-ortodoxos que cuspiram-lhe e chamaram-lhe “puta” apenas porque na opinião deles nao estava vestida de forma modesta (ver noticia em inglês acima). O que mostra isto? Mostra que qualquer religião levada ao extremo é uma alienação da realidade e uma ameaça aos direitos humanos e à paz. Para estes ultra-ortodoxos, para os fundamentalistas islâmicos e para outros grupos religiosos, tudo à sua volta nao existem e vivem fechados numa caixa negra onde apenas existe aquilo que eles querem que existam nao aceitando coisas diferentes. Por isso sao capazes de tudo mesmo atacar raparigas novas. Felizmente esta atitude dos judeus ultra-ortodoxos valeu-lhes muitas criticas em Israel e o próprio presidente do pais pediu a todas as pessoas para participarem numa manifestação de apoio a Naama Margolese e pela laicidade e liberdade de escolha. Doutra maneira nao podia ser nao é?

Anúncios

One thought on “A estupidez infinita da religião cega.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s