Grandes vozes do romantismo português

     Um dos objectivos deste blogue é a divulgação da cultura portuguesa e desta vez decidi fazer uma homenagem a algumas das grandes canções da musica de Portugal dos anos 40,50 e 60. A musica traz-nos memórias e estes temas intemporais levam-nos à nostalgia do preto e branco, ao romantismo poético da época, aos tempos da radio imperatriz, às vozes que faziam sonhar. Foram tempos que passaram, que nao foram perfeitos mas que tinham qualidades que se foram perdendo com os anos. Infelizmente a musica romântica ja nao existe. As grandes melodias do passado foram substituídas por pimbalhadas de muito mau gosto e hoje ficamos com uma sensação de que Portugal perdeu um pouco da sua sensibilidade. Agora e porque à medida que o tempo passa o passado vai sendo esquecido, deixo aqui algumas melodias que espero sejam do vosso agrado. E se bem que nao é caso para dizer “O tempo volta pra trás.”, certas coisas fazem falta!

Tristao da Silva-Daquela Janela virada pro mar
Carlos Ramos-Nao venhas tarde
Francisco José-Olhos castanhos
Tony de Matos-So nos dois
Tony de Matos-Sou romântico
António Mourao – O tempo volta pra trás 
Francisco José – Guitarra toca baixinho
    Isto sao so algumas melodias que fazem parte das memórias portuguesas. O resto pode descobrir na internet! 🙂
Anúncios

4 thoughts on “Grandes vozes do romantismo português

  1. Bonjour! Bom dia! Sabah el Kheyr!
    Postagem ótima sobre lembranças do passado, que aliás deixam a melancolia no ar.
    No Brasil, um cantor português chamado Roberto Leal, cantou e exaltou as terras portuguesas. Cresci ouvindo suas canções.

    Sobre o tom espiritualista da mensagem que postei, foi de uma amiga que não é muçulmana. O Brasil tem a dádiva de acolher todos e todas as religiões. Coexistir faz parte da essência dos Direitos Humanos, não?
    Assalam Alaykum!

    Gostar

  2. Antes de mais muito obrigado por me seguir no blogue. Deve ter algo errado nele porque tem muita gente que o vê mas depois n o seguem. Ja agora eu esqueci-me de dizer que so segue se quiser. Quanto ao Roberto Leal conheço mas nao é meu tipo de musica. A nao ser umas pouquitas que ele tem. E quanto ao resto concordo e por isso é que respeito as religioes e escolhas dos outros à parte racistas, xenofobos e fundamentalistas de todas as regioes. ja agora de onde nasceu seu interesse pelo mundo arabe?

    Gostar

  3. Salam, amigo lusitano! Como estás?

    Sobre a divulgação de teu blog, sugiro que escreva mais informações em seu perfil do Blogger, assim, quantas mais palavras, mais conexões, que atrairão mais leitores e seguidores. Também faça mais propaganda sobre o Movimento.

    Sobre meu amor ao mundo árabe: DNA puro…rsrsrsr

    Há novidades lá no blog, um abraço fraterno,

    http://denisebomfim.blogspot.com

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s